Quando és o maior cornudo da zona és assim:

Quando és o maior cornudo da zona és assim:
Ninguém te respeita…
Toda a gente desconta em ti…
Só ouves risinhos nas costas…
É só homens a passar à porta da casa dela…
Todos tiram o dia para te chatear…
Não consegues sentir um pingo de dignidade…
Todas as histórias rondam à tua volta…
És a única pessoa em quem confias…

É demoroso para te levantares…
Ela não tem um pingo de respeito por ti e ainda goza com a tua cara…
Perdeste o sustento ou quase o perdeste…
Se não foste morar para a rua foi porque tiveste sorte…
Perdeste a tua vida…

Nunca mais serás o mesmo…
O respeito pelos outros desapareceu e tornou-se obsoleto e ridículo…
A vida perdeu o sentido…
Passas a vida apenas a amar o dinheiro e a espezinhar a arraia miúda… os velhos… os vizinhos… e todas as pessoas que julgam que sabem mais do que tu e tentam te enganar…

Os normais julgam que estas louco e os outros começam a frequentar o espaço onde ela costuma estar na esperança de conseguir alguma coisa…
Todos acreditam que tens um problema e que és fácil de derrubar…
As mulheres deixaram de ser difíceis para ti…
Sabes o que queres…

Deixar uma resposta

%d bloggers like this: